Plano de classificação

Tipo de Entidade:Pessoa ColectivaForma Autorizada do Nome:Teatro de S. CarlosFormas Paralelas do Nome:Teatro Nacional de S. CarlosHistória:Resultado da iniciativa de um grupo de comerciantes e nobres lisboetas que, de acordo com as ideias iluministas, considerou a necessidade deste equipamento. Com a aprovação do intendente Pina Manique, a construção do teatro concluiu-se em dois anos, tendo os fundos sido reunidos por subscrição. Teve desenho de arquitecto José da Costa e Silva. Um desses comerciantes, Quintela, feito barão em 1805 (mais tarde Conde de Farrobo e Director do próprio Real Teatro de São Carlos entre 1838 e 1840), cedeu os terrenos para o edifício em troca da propriedade de um camarote de primeira ordem, com anexos e acesso privado à rua, fronteiro ao camarote lateral, de proscénio, da família real.Funções, Ocupações e Actividades:Espectáculos de ópera e balletData de Criação:2012-03-13