Plano de classificação

Escritora Cacilda CelsoData de Produção Inicial:1948-01-06Data de Produção Final:2010Nível de Descrição:FundoNome do Produtor e História Administrativa/Biográfica:Nome do Produtor: Soares, Cacilda Pêgo Celso Damásio de CarvalhalHistória Administrativa: Cacilda Celso nasceu em Lisboa, em 1929. Escreveu poesia desde os oito anos, tendo feito a sua estreia literária aos dezassete anos, na revista "Prometeu". Alicerçando conhecimentos e apurando sensibilidades, o seu primeiro livro, "Diário", pequena coletânea de poemas intimistas com mensagem poética, seria lançado em 1955. Seguir-se-ia, em 1958, "Intimidade", com aplauso da crítica. Foi membro da Sociedade Portuguesa de Escritores e da Associação Portuguesa de Poetas, com intensa colaboração literária em jornais e revistas, como, por exemplo, a publicação Alleluia. Em 1970 publicou "Sede consentida", livro de poemas condensados, com pensamentos amadurecidos pela vida, não isentos de amargura. Formou-se em Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses e Franceses, em 1985, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Obteve o certificado e "Diplôme supérieur d'Études Françaises Modernes", pela "École Internationale de Langue et Civilisation Françaises Alliance Française", em 1986.
Em "O corpo do silêncio", de 1970, também cultiva o soneto, forma em que melhor expressou os sentimentos. Em 1991, classificou-se em terceiro lugar no I Prémio Internacional Florbela Espanca, em Paris, com o livro de sonetos "Post scriptum pessoal", ainda inédito. O seu soneto evocativo do I Centenário de S. João do Estoril foi gravado em monumento comemorativo da efeméride. Em 1993, a Câmara Municipal de Cascais publicou "Linha Marginal", em que descreve de forma apaixonada as paisagens de Lisboa a Cascais, visto que durante anos viveu em S. João do Estoril. Viria a ser reeditado em 2002. No ano de 2005 publicou um novo livro de sonetos, "O projeto homem", com edição da Câmara Municipal de Cascais. Participou, ainda, nos Jogos Florais da Associação Portuguesa de Poetas, que lhe valeram diversos prémios e menções honrosas. Em 2007, lançou no Centro Cultural de Cascais "Mar mítico", com poemas dedicados ao mar - também com edição da Câmara Municipal de Cascais. Em 2008-02-28 foi homenageada pela Associação Portuguesa de Poetas na Livraria Verney, em Oeiras. Faleceu em 2010-11-17
História Custodial e Arquivística:O fundo foi depositado pelo Sr. Dr. José Eduardo Celso Soares, na sequência de contrato estabelecido com a Câmara Municipal de Cascais, através do AHMCSC, ao abrigo do Programa de Recuperação de Arquivos e Documentos de Interesse Municipal (PRADIM)Âmbito e Conteúdo:O fundo é constituído por 3 secções: Documentos e objetos pessoais (1950-2009); Escritos da autora e sobre a obra (1948-2010) e Escritos de outros autores (1961-2005); e por 6 séries: Manuscritos, datiloscritos e impressos (1948-2009); Obra publicada (1991-2010); Eventos (1990-1999); Concursos literários (1961-2005); Livros (1997-2005) e Publicações periódicas (1971-2005)Notas:Cota do Fundo: I9. O fundo encontra-se acondicionado em 24 cx.e 1 gv. Data(s) da(s) Descrição(ões):2013-06-01Conteúdo Digital:ImagemCódigo de Referência:PT/CMCSC-AHMCSC/APSS/ECC